domingo, 15 de maio de 2011

Azeites

Ingredientes

Pão italiano e maçãs verdes são recomendados para limpar o paladar
entre a degustação de um tipo de azeite e outro.

Sugestões de azeites deste programa:
* Azeite espanhol Extra Virgem Qualitá
* Azeite Extra Virgem Orgânico TAEQ
* Carbonell
* Ybarra
* Colavita
* Gallo
* Oleostepa Hojiblanco (Espanha)
* Cretan Prince (Grécia)
* Galantino Arancia, aromatizado de Laranja (Itália)


Vídeo Receitas em Destaque

Escolha de um azeite

Preparamos algumas dicas importantes para te ajudar na missão de escolher um azeite de qualidade. Lembre-se que o melhor azeite é aquele que corresponde às suas preferências, mas atentar-se a detalhes pode te ajudar a não “comprar gato por lebre”.

* Sempre opte pelo azeite de oliva extra virgem, por não conter nenhum tipo de aditivo químico;
* Procure azeites com os menores índices de acidez (entre 0,1 e 0,8%), esta informação você encontra no rótulo do produto
* Tente identificar o tipo de azeitona utilizada na produção do azeite. Isso te ajudará a identificar suas preferências;
* Observe a data da safra do azeite e opte sempre para os mais novos (até 12 meses). Quanto mais fresco, melhor.
* Procure azeites que tenha a certificação DOP (denominação de origem protegida). Esta é a garantia de que a produção do azeite segue padrões rígidos de qualidade.

A principal diferença entre Azeite Extra Virgem e Azeite Virgem Fino é a saudabilidade
Quanto menor o índice de acidez (também chamado de índice ácidos oléicos), mais saudável ele é. Para você ter idéia, enquanto o azeite comum tem até 2 até 3,3%, o Azeite de Oliva Extra Virgem apresenta 0,1% e 0,8%.

Os sabores e aromas de um azeite geralmente se classificam em um dos seguintes grupos:
* Amargo
* Amendoado
* Picante
* Doce
* Sabor de erva doce

O azeite é mais saudável do que o óleo de cozinha?

Sim! O azeite extra virgem não apresenta nenhum tipo de aditivo químico, como também seu processo de produção não sofre nenhuma intervenção química. Sabe-se que ele é bastante calórico, mas impede o depósito de gordura no abdômen e em outras regiões do corpo. Ele também faz bem para a pele, coração e cabelo.

Mas esquentar um azeite estraga o produto?

Depende da temperatura. De acordo com a especialista em azeites, Martina Schlösser, o uso de azeites em frituras é recomendável se sua temperatura não ultrapassar 180ºC.

Por isso é recomendável sempre ficar atento à temperatura do cozimento ou fritura, e se possível o uso de termômetro para melhor controlar a temperatura do azeite durante frituras. Isso te ajudará a garantir que o azeite não ultrapasse a temperatura limite.

Um azeite usado corretamente impede que a comida fique encharcada e pode ser reutilizado até 4 vezes (se não passar de 180ºC).

A variedade das azeitonas

Existem dois tipos de azeite no que se refere à variedade de azeitonas usadas em sua produção: o monovarietal que conta apenas com um tipo de azeitona, e o coupagem produzidos a partir de diversos tipos de azeitona.

Azeites aromatizados

O mercado já oferece diversas combinações de azeites aromatizados, mas se você preferir fazer um azeite com seu toque especial, o processo é bem simples.

Esquente levemente o azeite e misture com os condimentos e ervas que você mais goste (alho, pimenta, majeiricão, alecrim, etc). Deixe-o descansando por alguns dias et voilá! Você tem um azeite aromatizado!

Degustação

Identificar sabores e aromas é importante no processo de conhecimento sobre azeites e para descobrir o que mais lhe agrada. Por isso, é importante atentar-se aos seguintes detalhes para aproveitar ao máximo sua degustação:

* Sempre inicie sua degustação com azeites mais suaves e, depois, os azeites mais fortes. Isso evitará que alguns “mascarem” o sabor de outros.
* Profissionais em degustação geralmente engolem o azeite cru e puro para avaliar melhor seus sabores e aromas. Para quem não está acostumado, recomenda-se o uso de pães com sabores neutros.
* Tente identificar elementos por meio do olfato e paladar. Veja se ele é mais ácido, frutado ou mais suave, por exemplo. O azeite pode deixar sabores dentro da boca mesmo depois de engolido, por isso, fique atento para senti-los (o chamado retrogosto).
* Limpe o paladar com maçãs (de preferência maçãs verdes), pães e água antes de começar degustar outro tipo de azeite.

Nenhum comentário: